21°
Máx
17°
Min

Índice Cielo de Varejo Ampliado cai 4,9% em setembro ante mesmo mês de 2015

O Índice Cielo de Varejo Ampliado (ICVA) recuou 4,9% em setembro em relação a igual mês do ano passado, após ter caído 6,2% em agosto, na mesma base de comparação, na série com ajuste de inflação. Em termos nominais, o indicador, que registra a receita de vendas do comércio varejista, mostrou alta de 4,1% em setembro ante o mesmo mês de 2015, um resultado melhor do que o apurado em agosto (3,7%). No terceiro trimestre, a retração no ICVA, descontada a inflação, foi de 4,9% em relação ao mesmo período de 2015.

A Cielo aponta, em nota, que "apesar do desempenho ainda negativo, a curva deste ano mostra uma estabilização no ritmo de retração do varejo, que antes vinha numa trajetória descendente".

Em setembro, o relatório da Cielo apontou pouco impacto dos efeitos dos calendários se comparado ao mesmo mês do ano passado. Segundo a Cielo, se esses efeitos fossem retirados, o ICVA teria registrado queda de 5,1%, mesmo número de agosto na série com ajustes de calendário. "Os números indicam, portanto, estabilidade no ritmo do varejo ampliado em relação ao mês anterior", afirmou a nota técnica da Cielo.

Todas as regiões apresentaram leve recuperação no varejo em relação a agosto medida pelo ICVA deflacionado, embora ainda estejam em terreno negativo. A maior retração ocorreu no Norte (9,4%), seguido do Nordeste (5%), Sudeste (4,7%), Centro-Oeste (4,6%) e Sul (2,9%).

Entre os setores que compõem o varejo ampliado, os que comercializam bens duráveis e semiduráveis, que geralmente tem maior tíquete médio e menor frequência de compra, seguem com a maior retração do índice.

Dentro do bloco que representa os bens duráveis, os setores de Supermercados, Hipermercados e Postos de Combustíveis registraram mais uma desaceleração na margem, mas os demais segmentos, como Cosméticos, Drogarias e Varejo Alimentício Especializado apresentaram aceleração no desempenho mensal.

Já o grupo Serviços, apesar de continuar apresentando retração, ficou acima da média do varejo em setembro. Turismo e Transporte mostrou aceleração em relação a agosto, enquanto Recreação e Lazer apresentou desaceleração, uma vez que a Olimpíada no Rio de Janeiro chegou ao fim. Alimentação em Bares e Restaurantes também desacelerou na passagem mensal.

O Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) acompanha mensalmente a evolução do varejo brasileiro de acordo com a sua receita de vendas, com base em um grupo de mais de 20 setores mapeados pela Cielo, de pequenos lojistas a grandes varejistas. O peso de cada setor dentro do resultado geral do indicador é definido pelo seu desempenho no mês.