21°
Máx
17°
Min

Índice da produtividade de mão de obra nos EUA cai 0,6% no 1º trimestre

A revisão da produtividade da mão de obra dos EUA no primeiro trimestre de 2016 confirmou queda, enquanto o custo da mão de obra subiu, de acordo com dados do Departamento do Trabalho. O resultado é mais uma prova do fraco crescimento econômico dos EUA no início do ano e um declínio de longa duração na eficiência dos funcionários.

Entre janeiro e março, a produtividade dos trabalhadores norte-americanos cedeu 0,6%, em linha com a previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires.

Já o custo unitário da mão de obra subiu 4,5% no período, acima da expectativa de economistas, de alta de 4,1%, mesmo valor estimado na primeira leitura. A remuneração dos trabalhadores por hora trabalhada aumentou 3,9% - acima da estimativa inicial de 3% - levando a revisão para cima.

A produtividade no primeiro trimestre cresceu 0,7% ante o mesmo período de 2015. Os dados sobre produtividade podem ser voláteis e são revisados com frequência.

O custo unitário da mão de obra do quarto trimestre foi revisado de 3,3% para 5,4%. Fonte: Dow Jones Newswires.