20°
Máx
14°
Min

Índice FIPE/Buscapé sobe 0,2% em junho e acumula alta de 8,29% no 1º semestre

Os preços praticados no comércio eletrônico brasileiro subiram 0,2% em junho em relação a maio, registrando uma variação positiva de 8,29% nos seis primeiros meses de 2016, de acordo com o índice FIPE/Buscapé, que monitora uma cesta de produtos negociados pela Internet. A alta acumulada nos seis primeiros meses do ano representa uma inversão da tendência observada em igual período de 2015, quando o indicador apresentava queda de 3%.

Somente em junho, oito das 10 categorias que compõem o índice FIPE/Buscapé registraram aumento de preço na comparação mensal: Casa e Decoração (1,16%), Moda e Acessórios (1,06%), Cosméticos e Perfumaria (0,73%), Esportes e Lazer (0,57%), Eletrodomésticos (0,35%), Fotografia (0,35%), Eletrônicos (0,34%) e Informática (0,08%). As duas que apresentaram deflação são: Telefonia (-0,86%) e Brinquedos e Games (-0,11%).

Considerando apenas o período de abril a junho de 2016, a oscilação de preços no e-commerce brasileiro atingiu 10,6% ante igual trimestre de um ano antes, em linha com a alta de 10,1% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no mesmo intervalo. A aproximação dos indicadores reflete o impacto do câmbio sobre produtos predominantemente negociados pela Internet, de acordo com relatório.