22°
Máx
17°
Min

Inflação ao consumidor na OCDE desacelera para 1,0% ao ano em fevereiro

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos 34 países que integram a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) recuou para um avanço 1,0% em fevereiro na comparação anual, de +1,2% em janeiro. De acordo com a entidade, a desaceleração inflacionária foi impulsionada pelos preços de energia, que caíram 8,8% no ano em fevereiro, após um recuo de 5,4% no ano em janeiro.

A inflação nos preços dos alimentos acelerou levemente, de +0,7% no ano em janeiro para +0,9% em fevereiro. Excluindo-se alimentos e energia, o CPI da OCDE ficou estável, em +1,9% pelo terceiro mês consecutivo.

O CPI do Brasil passou de 10,7% em janeiro para 10,4% em fevereiro, na pesquisa. O da China, por sua vez, avançou de 1,8% em janeiro para 2,3%, enquanto o dos EUA manteve-se estável em 0,3%.