22°
Máx
14°
Min

Inflação no comércio eletrônico tem queda de 1,05% em agosto

O índice de inflação na internet, conhecido como E-flation, caiu 1,05% em agosto, depois de ter recuado 0,22% em julho. O dado é da pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) em parceria com o Programa de Administração de Varejo (Provar). Nos últimos 12 meses, houve elevação de 11,57% nos preços e no acumulado dos oito primeiros meses do ano a inflação foi de 6,05%.

Sete das dez categorias monitoradas caíram em agosto. O segmento de Telefonia e Celulares foi o que teve a maior desaceleração (-9,24%). As outras quedas foram nas categorias Brinquedos (-1,33%), CDs e DVDs (-0,33%), Cine e Fotos (-0,79%), Eletroeletrônicos (-0,21%), Livros (-3,20%), Perfumes e Cosméticos (-1,20%). Por outro lado, Eletrodomésticos (0,31%), Informática (1,02%) e Medicamentos (3,66%) subiram em agosto.

O E-flation foi criado em 2004 com o intuito de monitorar a variação dos preços de produtos de consumo comprados por meio do comércio eletrônico. Para cálculo dos pesos de cada categoria, são utilizados dados emitidos pela empresa e-bit.