28°
Máx
17°
Min

Intenção de compra para o Dia das Crianças é a menor em 11 anos, diz FGV

A Sondagem do Consumidor do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre) indica que a intenção de compras de presentes para o Dia das Crianças é a menor dos últimos 11 anos. De acordo com a pesquisa, 44,9% dos entrevistados pretendem reduzir os gastos em relação ao ano anterior, frente aos 41,1% verificados na sondagem de 2015.

O grupo que pretende gastar a mesma quantia caiu de 54,8% para 50,8%, enquanto os que pretendem gastar mais representam 4,2% dos consumidores, quantidade estável na comparação com o ano anterior.

"Esse resultado reflete a cautela das famílias com o orçamento doméstico, que ainda está comprometido com prestações de compras anteriores", informa, em nota, a coordenadora da Sondagem do Consumidor, Viviane Seda Bittencourt. Também influencia as famílias, segundo a coordenadora, o mercado de trabalho ainda em fase descendente.

Inflação

Segundo outra pesquisa do FGV/Ibre divulgada esta semana, a variação média dos produtos e serviços mais procurados no Dia das Crianças foi de 7,19%, abaixo da inflação de 8,10% acumulada pelo IPC/FGV entre outubro de 2015 e setembro de 2016.

Os três produtos mais buscados são brinquedos (55,4%), roupas (24,5%) e livros (5,3%).