21°
Máx
17°
Min

IPC da Fipe tem alta de 0,40% na 1ª quadrissemana de junho, ante +0,57% em maio

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, registrou alta de 0,40% na primeira quadrissemana de junho, desacelerando-se em relação à leitura de maio, quando o IPC avançou 0,57%, segundo dados divulgados hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na primeira estimativa de junho, cinco grupos de produtos desaceleraram ganhos em relação ao resultado do mês passado. Em Alimentação, o aumento nos preços diminuiu de +0,68% em maio para +0,26% na primeira leitura deste mês. Já em Vestuário, a alta nos custos foi de +0,86% para +0,41%.

Além disso, os custos de Saúde desaceleraram em ritmo mais forte na primeira estimativa de junho, de +1,53% para +1,07%. Já em Despesas Pessoais, o índice passou de +1,30% para +1,11%, enquanto que em Educação foi de +0,19% para 0,14%.

Por outro lado, houve aceleração em Habitação, de +0,51% em maio para +0,54% na primeira estimativa de junho, enquanto os custos de Transporte caíram em ritmo mais fraco, de -0,60% em maio para -0,51%.

Veja como ficaram os itens que compõem o IPC na primeira quadrissemana de junho:

Habitação: 0,54%

Alimentação: 0,26%

Transportes: -0,51%

Despesas Pessoais: 1,11%

Saúde: 1,07%

Vestuário: 0,41%

Educação: 0,14%

Índice Geral: 0,40%