22°
Máx
14°
Min

Já esta encomendada redução na taxa de juros no 2º semestre, diz Barbosa

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, voltou a dizer nesta sexta-feira, 29, que a economia brasileira passa por uma situação difícil, mas já apresenta sinais positivos. O ministro reconheceu que a taxa de desemprego ainda é alta, mas disse que o País tem todos os instrumentos para resolver os seus problemas.

"A expectativa de inflação já está caindo e o Banco Central decidiu manter a taxa de juros por unanimidade", afirmou, em resposta a parlamentares na Comissão Especial do Impeachment no Senado. Segundo ele, o próprio mercado já espera uma queda na Selic até o fim do ano. "Já está esperada e contratada uma redução da taxa de juros no segundo semestre. Cabe ao BC decidir o melhor momento", completou.