27°
Máx
13°
Min

Japão reforça alerta sobre a força do iene e diz que pode tomar medidas

O governo do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, reforçou seu alerta contra as variações do mercado de câmbio nesta quinta-feira, após o iene atingir a máxima em 22 meses ante o dólar. "Nós estamos extremamente preocupados com esses movimentos cambiais", disse Yoshihide Suga, secretário-chefe do gabinete, que descreveu o movimento cambial como "volátil, de apenas um lado e especulativo".

A declaração é dada após o dólar chegar a recuar abaixo de 104 ienes, quando no fechamento da quarta-feira estava em 106 ienes. O mercado reagiu ao fato de que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) decidiu manter a política monetária, sem adotar novos estímulos mesmo com a inflação e o crescimento fracos no país.

Suga disse que "a estabilidade no mercado cambial é extremamente importante", além de acrescentar que "nós prestaremos ainda mais atenção que até agora nos movimentos no mercado cambial e tomaremos medidas se necessário". Fonte: Dow Jones Newswires.