23°
Máx
12°
Min

Jucá: apresentaremos proposta para Previdência que garanta direitos fundamentais

O ministro do Planejamento, Romero Jucá, defendeu nesta terça-feira, 17, a reforma da Previdência no País, e salientou que o governo apresentará uma proposta que garanta os direitos fundamentais dos trabalhadores e que seja exequível. "O modelo da aposentadoria, o modelo da Previdência, tem que ser um modelo sustentável, sob pena de comprometermos o futuro. A meta da Previdência não é só pagar os atuais aposentados, é garantir a sobrevivência e a dignidade dos futuros aposentados", declarou o ministro.

O novo modelo deve incorporar as mudanças na matriz etária da população brasileira, as quais devem fazê-la pesar ainda mais na Previdência, afirmou o ministro. O governo, no entanto, ainda não fechou proposta para que seja levada ao Congresso. "O planejamento, a previsão, as questões estratégicas do País têm que levar em conta essa nova realidade (mudança na matriz etária da população). Não há ainda uma proposta fechada sobre a Previdência", contou Jucá, após participar da abertura do XXVIII Fórum Nacional, evento promovido pelo ex-ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Velloso, no Rio.

Jucá lembrou que a Previdência passou para o comando do Ministério da Fazenda, o que ele considera "uma sinalização de alta responsabilidade". "Estamos trabalhando no sentido de, no momento apropriado, apresentar uma proposta que seja exequível, de garantir os direitos fundamentais. Ninguém quer jogar por terra os direitos dos trabalhadores, mas queremos que esses direitos possam ser mantidos no futuro", concluiu.