24°
Máx
17°
Min

Juros recuam e renovam mínimas com chance de PEC dos gastos ser votada em breve

Os juros futuros operam em baixa e renovavam as mínimas nesta quarta-feira, 28, na contramão do dólar, reagindo bem à notícia de que a votação da PEC do teto de gastos na Câmara pode ocorrer até o dia 11 de outubro. Com isso, a porta fica ainda mais aberta para que o Comitê de Política Monetária (Copom) possa reduzir a Selic dos atuais 14,25% na reunião do mês que vem.

Além disso, o investidor estará nesta quarta atento ao almoço de trabalho do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, com o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, às 13 horas.

Às 9h34, o DI para janeiro de 2018 estava em 12,13%, na mínima, de 12,15% no ajuste de terça. O DI para janeiro de 2021 exibia 11,56%, de 11,58% no ajuste de terça.

Ainda na agenda do dia, há discursos de vários dirigentes do Federal Reserve, inclusive da presidente Janet Yellen (11 horas). E o presidente Michel Temer coordena, às 15 horas, a 111ª Reunião do Conselho da Câmara de Comércio Exterior (Camex).

Entre os participantes do encontro na Camex, estarão os ministros Henrique Meirelles (Fazenda), Dyogo Oliveira (Planejamento) e o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil).