27°
Máx
13°
Min

Kassab prevê conclusão da implantação da TV digital em 2023

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que o cronograma de desligamento da TV analógica no Brasil e a implementação da TV digital segue normalmente, mesmo com turbulências políticas e econômicas. O processo é dividido em duas etapas, sendo que a primeira envolve a conversão das principais regiões metropolitanas até dezembro de 2018, e as demais cidades até dezembro de 2023. Nesse avanço, a população de baixa renda receberá conversores e antenas para garantir a captação do sinal digital em suas televisões.

"Está tudo bem resolvido e encaminhado, com os recursos garantidos, o que permite trabalhar a migração", afirmou no evento Set Expo, em São Paulo.

O ministro também estimou que a implantação da TV em ultra definição (4k e 8k) no País comece gradualmente, a partir de 2020. "Nós temos a expectativa de que em 2020 tenhamos já os primeiros passos consistentes para levar esse sistema aos usuários. A partir daí, podemos ter uma implantação gradual, numa velocidade crescente", disse.

A cerimônia de abertura da feira celebrou os 10 anos de início da implantação da TV digital no Brasil, que adotou o padrão japonês, com a inclusão de tecnologias nacionais. "Temos a melhor TV digital do mundo", disse Kassab, durante discurso na abertura.

Nos anos seguintes, o mesmo padrão se expandiu pelos países da América Latina. Uma das poucas exceções é a Colômbia, que adotou o padrão europeu de TV digital. Kassab comentou que firmou um acordo com autoridades japonesas para sondar a possibilidade de levar o padrão nipo-brasileiro à Colômbia.