22°
Máx
17°
Min

Lagarde defende reformas no Brasil

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, disse esperar que o novo governo de Michel Temer entenda a agenda de reformas estruturais no Brasil como prioritária. Durante a reunião do G-20, Lagarde disse que as prioridades do grupo são acelerar o crescimento econômico e permitir que essa expansão seja compartilhada por mais países.

As reformas fazem parte do discurso central do Fundo. No G-20, a entidade defendeu como prioridade número um do FMI "a coordenação de esforços para aumentar o crescimento" econômico. Para isso, o grupo "concordou em identificar e priorizar reformas que forneçam maior crescimento para todos os países". Lagarde reafirmou o discurso contra o protecionismo e o apoio ao livre-comércio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.