28°
Máx
17°
Min

Leilões e dólar trazem pressão de alta, em contraponto a otimismo com impeachment

Os juros abriram em alta nesta quinta-feira, 14, influenciados pela expectativa com leilão de títulos do Tesouro, mas depois oscilavam perto da estabilidade, em meio ao contínuo otimismo do mercado financeiro de que haverá o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Às 9h35, o DI para janeiro de 2018 estava em 13,20%, de 13,17% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2021 a 13,12%, de 13,14% no ajuste de quarta-feira.

O Tesouro oferta hoje Letras do Tesouro Nacional (LTN) para os vencimentos de 1/10/2016, 1/4/2018 e 1/1/2020; e Letras Financeiras do Tesouro (LFTs) para 1/3/2022. O acolhimento das propostas será das 11 horas às 11h30.