22°
Máx
17°
Min

Líbia retoma exportações de petróleo a partir do porto de Ras Lanuf

A estatal líbia National Oil retomou as exportações de petróleo a partir do importante porto de Ras Lanuf, que estava fechado desde 2014, afirmou um porta-voz da companhia nesta quarta-feira. A melhora na segurança da região permitiu a volta dos embarques da commodity.

O Exército Nacional Líbio assegurou o controle do terminal de petróleo de Ras Lanuf, após desalojar no domingo uma milícia que atuava ali. O Exército Nacional Líbio tem um acordo com o governo para a retomada das exportações e, na noite de terça-feira, um navio-tanque da estatal líbia com 740 mil barris de petróleo deixou o porto rumo à Itália, disse um porta-voz da companhia.

Um segundo navio-tanque é abastecido nesta quarta-feira com cerca de 574 mil barris para partir do mesmo porto rumo à Espanha, acrescentou o funcionário.

Importantes portos da Líbia mudaram de mãos entre grupos rivais nas últimas semanas. As exportações do porto petrolífero de Ras Lanuf deveriam ser retomadas já no fim de semana, mas foram interrompidas diante de uma nova onda de confrontos.

A Líbia integra a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que planeja realizar conversas informais na próxima semana sobre a possibilidade de estabelecer algum teto na produção com o objetivo de estabilizar os preços da commodity, que caíram mais de 50% desde 2014.

Ainda que outros membros da Opep possam desejar um limite para a produção, autoridades do setor na Líbia tentam elevar a produção para 1 milhão de barris por dia no fim do ano, de 300 mil barris por dia em agosto. Os confrontos em andamento entre milícias e grupos do leste líbio que não apoiam o governo internacionalmente apoiado em Trípoli, porém, dificultam esse plano. Fonte: Dow Jones Newswires.