21°
Máx
17°
Min

Licitação da Celg foi considerada deserta e está cancelada, informa BNDES

O BNDES confirmou nesta terça-feira, 16, o cancelamento do leilão da distribuidora goiana Celg, que aconteceria na próxima sexta-feira (19). Por meio de nota publicada em seu site, a instituição informou que a licitação foi "considerada deserta por falta de interessados" e, por essa razão, foi cancelada. A nota é assinada pela presidente da comissão de licitação, Lidiane Delesderrier Gonçalves.

As informações a respeito do pessimismo do governo a respeito do leilão e seu cancelamento foram antecipadas pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. Nenhum investidor fez o depósito do aporte de garantias hoje - data-limite para participar da disputa.

O cancelamento representa um revés para o governo do presidente em exercício, Michel Temer. Essa seria a primeira privatização de sua gestão.