27°
Máx
13°
Min

Londres é a grande vitrine para marcas brasileiras

No turística região de Covent Garden, uma loja da Melissa, do grupo Grendene, exibe suas sandálias de plástico cheias de estilo. A loja, que funciona como uma "flagship" (loja conceito), não está ali por acaso: quer atrair a atenção dos milhares de estrangeiros que circulam na região.

É o mesmo caso da joalheria H. Stern, fundada pelo alemã Hans Stern em 1945, que decidiu expandir seus negócios no exterior nos anos 60. A H. Stern ostenta uma loja dentro da rede de luxo Harrods e mantém uma loja de rua em uma das regiões mais caras de Londres.

Já a famosa Havaianas (adquirida pela J&F, holding dona do JBS), com vendas sazonais (no verão), que tem uma presença mais forte em Portugal e Espanha, quer se expandir no Reino Unido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.