26°
Máx
19°
Min

Meirelles diz estar preparado para enfrentar problemas da economia

O recém empossado ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, chegou pela primeira vez ao ministério que comandará, mas preferiu não falar com a imprensa que o esperava. O dirigente de uma das pastas mais importantes da República se comprometeu a falar com os jornalistas nesta sexta-feira, 13, e se limitou a dizer que se sente "preparado para enfrentar os problemas da economia".

Questionado sobre nomes de sua equipe e sobre o novo desenho do ministério, que agora acumulará a administração da Previdência Social, Meirelles afirmou: "Vamos aguardar".

Apesar disso, já é praticamente certo que o ex-diretor de Política Econômica do Banco Central, quando ele era presidente da instituição, Carlos Hamilton Araújo, será seu secretário-executivo. Para a Secretaria do Tesouro Nacional, o nome mais cotado é o do economista Mansueto Almeida. A secretaria de Política Econômica, que acumula também a Secretaria de Assuntos Econômicos, deverá ser comandada pelo consultor legislativo Marcos Mendes. Já Jorge Rachid deve permanecer no comando da Receita Federal.

O ex-secretário executivo do Ministério da Fazenda na gestão de Joaquim Levy, Tarcísio Godoy, deve retornar à equipe econômica. Tarcísio é funcionário de carreira do Tesouro Nacional e já foi secretário interino do Tesouro na gestão de Guido Mantega. Segundo apurou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência EStado, "as caixinhas do time de Meirelles" ainda estão sendo definidas. Uma das possibilidade para Tarcísio Godoy é ocupar a Secretaria do Tesouro.