28°
Máx
17°
Min

Na Rússia, vendas no varejo caem 5% em julho, na comparação anual

As vendas no varejo tiveram queda de 5% em julho na Rússia, na comparação com igual mês de 2015. O recuo foi menor que a previsão dos economistas ouvidos pelo Wall Street Journal, que esperavam queda de 5,7% na comparação anual. Em junho, a queda anual foi de 5,9%.

Na comparação mensal, as vendas no varejo cresceram 4,2% em julho, após alta mensal de 0,6% em junho no país.

O ritmo mais lento do declínio na demanda do consumidor ocorre após o Produto Interno Bruto (PIB) também contrair a um ritmo anual mais lento, de 0,9% no primeiro semestre. Um ano antes, o recuo semestral havia sido de 3,7%, mostraram os dados oficiais de hoje. Em todo o ano de 2015, o PIB também recuou 3,7% na comparação anual, devido aos preços mais baixos do petróleo e às sanções ocidentais, mas o governo agora prevê que a economia pode talvez voltar ao crescimento mais adiante neste ano.

O investimento de capital recuou 4,3% no primeiro semestre, na comparação anual, após cair 7,3% no período correspondente de 2015.

Os salários pararam de crescer em termos mensais em julho, o que aponta para riscos menores de inflação e dá mais espaço para corte de juros no próximo mês. O salário médio nominal subiu 7,8% em julho na comparação anual, mas recuou 5% no mês. Os salários reais - ajustados para a inflação - avançaram 0,6% na comparação anual, mas caíram 5,5% no mês em julho. Fonte: Dow Jones Newswires.