21°
Máx
17°
Min

Não há necessidade de aumento de impostos agora, diz secretário

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou na noite desta quarta-feira, 31, que o projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2017 não contempla aumentos de impostos.

"Neste momento de envio do Orçamento, não há necessidade de fazer nenhum aumento de imposto. Do contrário, teria sido feito juntamente com proposta Orçamentária", disse. "Temos previsão de receita muito realista, estamos muito confortáveis com os números", frisou Guardia.

O governo vinha definindo a questão dos impostos como o "plano C", que seria acionado caso não fosse possível atingir a meta, deficitária em R$ 139 bilhões, com aumento de arrecadação em decorrência da recuperação da economia e com as concessões.

Apesar disso, Guardia não fechou a porta totalmente para eventuais aumentos de tributos. "No futuro, se necessário, será discutido", disse Guardia, ao participar da divulgação dos dados do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA).