22°
Máx
16°
Min

"Não vamos intervir no mercado de moedas facilmente", diz ministro do Japão

O ministro de Finanças do Japão, Taro Aso, disse nesta terça-feira que o governo não iria intervir no mercado de moedas "facilmente", uma mudança acentuada na retórica sugerindo que a crítica global pode ter feito Tóquio menos disposto para tomar medidas para enfraquecer o iene.

"Em qualquer caso, não temos a intenção de recorrer facilmente a intervenção cambial", disse o ministro das Finanças em entrevista coletiva.

O comentário de Aso segue meses de escalada em suas "intervenções verbais", o que levou a alguns investidores a suspeitarem seriamente que o Japão pode estar perto de intervir nos mercados de divisas para forçar uma desvalorização do iene.

Autorridades norte-americanas e europeias têm pedido abertamente para que Tóquio deixe as forças de mercado determinarem o nível do iene.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) também sinalizou sua oposição à intervenção direta por parte do Japão em um relatório divulgado na segunda-feira, dizendo que uma ampla medida de força do iene está em linha com as condições econômicas, apesar de sua recente valorização. Fonte: Dow Jones Newswires.