23°
Máx
12°
Min

Negociações em dólar no País ficam abaixo de US$ 200 bilhões em maio

As negociações em dólar no País ficaram abaixo do patamar de US$ 200 bilhões em maio, após dois meses acima dessa marca. No mês passado, de acordo com divulgação feita nesta sexta-feira, 10, pelo Banco Central, a movimentação foi de US$ 197,164 bilhões por meio de 606 mil operações. Em maio do ano passado, a quantia de transações feitas em moeda americana no Brasil por meio da rede autorizada foi de US$ 239,984 bilhões.

O volume em abril havia sido de US$ 207,786 bilhões e, em março, de US$ 269,753 bilhões - o maior do ano até agora, com 698 mil operações. Em janeiro e fevereiro os montantes negociados foram mais baixos, de US$ 176,197 bilhões e US$ 179,399 bilhões, respectivamente.

No acumulado dos cinco primeiros meses deste ano, foi movimentado US$ 1,030 trilhão. Em igual período de 2015, as transações somavam US$ 1,191 trilhão. Pelos dados de maio do BC, o Santander continuou na liderança de volume de negociação de dólares (US$ 26,7 bilhões), seguido por Citibank (US$ 18,5 bilhões), Itaú Unibanco (US$ 15,9 bilhões), Société Générale (US$ 13,8 bilhões) e Banco do Brasil (US$ 13,6 bilhões).