22°
Máx
16°
Min

Para driblar crise no mercado interno, Hyundai exporta HB20 para o Uruguai

A montadora sul-coreana Hyundai, que inaugurou fábrica no Brasil em 2012, anunciou que vai exportar, este ano, 300 unidades do modelo HB20 para o Uruguai. O volume será dobrado no ano que vem, com 600 unidades destinadas ao país vizinho. O Uruguai será o segundo destino de exportação do modelo, que, em março, começou a ser vendido para o Paraguai.

A decisão é tomada em meio a um esforço da indústria automobilística brasileira em elevar as exportações para compensar a queda nas vendas internas. Como parte desse esforço, alguns acordos bilaterais estão sendo assinados, como ocorreu com o próprio Uruguai no fim do ano passado, quando ficou acertado o livre-comércio de veículos entre os dois países.

A montadora sul-coreana pretende ampliar sua atuação no mercado externo. "As exportações devem incluir outros países latino-americanos, além de Paraguai e Uruguai, e terão papel importante na sustentação dos volumes de produção frente à crise econômica no mercado interno", diz a empresa por meio de nota.

O presidente da Hyundai no Brasil, William Lee, afirma que, no momento, "não há planos para aumentar os volumes de produção. O foco é encontrar novos mercados para melhor utilizar a capacidade já instalada", explicou.

De acordo com a empresa, a fábrica de Piracicaba, no interior de São Paulo, segue com produção em três turnos, durante os cinco dias da semana, e mantém a previsão de repetir em 2016 o mesmo volume do ano passado, em torno de 165 mil unidades. "O mercado interno brasileiro de automóveis passa por grave desaceleração, com redução em cerca de 25% das vendas totais em relação a 2015, enquanto a Hyundai apresenta queda menor, de 4,5%, com a família HB20 garantindo um crescimento acumulado de aproximadamente 2%", afirma a nota.