22°
Máx
16°
Min

Petrobras pretende com nova emissão no exterior recomprar títulos antigos

A Petrobras confirmou emissão em dólares, conforme antecipou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, na semana passada. A empresa emitiu fato relevante na manhã desta terça-feira, 17, dizendo que planeja oferecer "títulos em uma ou mais séries em dólares americanos", sujeitas às condições do mercado e com garantia total e incondicional da Petrobras. Nesta terça-feira, fontes informaram detalhes da emissão.

O comunicado da Petrobras ao mercado versa sobre a destinação dos recursos dessa emissão, voltada para recomprar títulos em circulação no montante de até US$ 3 bilhões e cujo saldo remanescente irá para fins corporativos gerais.

A subsidiária integral Petrobras Global Finance (PGF) pretende recomprar todos os títulos com vencimento em 2018 e cupom de 8,375% (operação chamada "Any-and-all") e outros dez de séries distintas ("Waterfall Tender Notes"), até o limite de US$ 3,0 bilhões, sujeitas ao nível de prioridade de aceitação.

Também a Petrobras solicita o consentimento dos titulares das notas globais 2018 para eliminar certas cláusulas e disposições da escritura e a garantia correspondente, por uma nova escritura suplementar e um aditamento às garantias com essas modificações.

A oferta "Any-and-all" está condicionada ao consentimento da maioria do saldo devedor dos Títulos de 2018 - sem o qual a Petrobras Global Finance não vai comprar quaisquer títulos nem alterar escritura e garantia. No caso da oferta "Waterfall", está condicionada à aceitação da nova oferta de títulos.

As ofertas de compra e solicitação de consentimento expirarão no dia 14 de junho, exceto se prorrogado. Há um prêmio por entrega antecipada, até 31 de maio, de US$ 30 ou 30 euros, conforme os títulos.

Os bancos participantes da operação como dirigentes e bookrunners são BB Securities, JPMorgan, Merrill Lynch, Pierce, Fenner & Smith Incorporated e Santander Investment Securities, enquanto a Global Bondholder Services Corporation atua como agente depositária e de informações.