23°
Máx
12°
Min

PIB dos EUA no 2º tri cresce 1,2% na 1ª estimativa, abaixo da previsão

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos avançou 1,2% no segundo trimestre na primeira leitura da taxa anualizada, bem abaixo da previsão de alta de 2,6% dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. Além disso, o PIB do primeiro trimestre foi revisado em baixa, de +1,1% para +0,8% na taxa anualizada.

O quadro mostra cautela nas empresas, o que em grande medida ofusca gastos mais robustos dos consumidores. A economia norte-americana tem crescido a um ritmo de menos de 2% há três trimestres consecutivos.

As revisões anuais, também divulgadas nesta sexta-feira, mostrou expansão econômica de 2,6% em 2015, na comparação com 2014, no melhor avanço anual desde 2006.

No segundo trimestre, os gastos dos consumidores tiveram crescimento forte. O consumo pessoal, que representa mais de dois terços da produção econômica, expandiu a uma taxa de 4,2%, o melhor ganho desde o fim de 2014. Os gastos com serviços subiram 3% e os com mercadorias tiveram crescimento de 6,8%. Mas o investimento em ativos fixos exceto residências, uma medida dos gastos das empresas, ficou em um ritmo de 2,2% de avanço, a terceira desaceleração seguida desse número.

O comércio internacional, por sua vez, foi positivo para o PIB, acrescentando 0,23 ponto porcentual para o crescimento econômico. As exportações no trimestre subiram a um ritmo de 1,4% e as importações diminuíram levemente. Os últimos números não capturam, porém, o efeito do voto do Reino Unido pela saída da União Europeia, já que a votação ocorreu no fim do trimestre. Fonte: Dow Jones Newswires.