20°
Máx
14°
Min

Planejamento prevê PIB de -3,0% em 2016 ante -3,1% no relatório anterior

O Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do 4º bimestre, divulgado nesta quinta-feira, 22, pelo Ministério do Planejamento, atualizou a previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano de 3,1% para 3%. Em termos nominais, a soma das riquezas produzidas no País em 2016 deve ser de R$ 6,253 trilhões.

A previsão do Planejamento para a inflação medida pelo IGP-DI passou de 8,6% para 7,7%, mas a projeção para o IPCA deste ano foi mantida em 7,2%, conforme já constava no relatório do 3º bimestre. Na ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom), o Banco Central previu um IPCA de 7,3% no cenários de referência e de mercado. E no último Relatório de Mercado Focus, a estimativa para o IPCA de 2016 foi de 7,34%.

O Planejamento também manteve em R$ 3,50 a estimativa para o câmbio médio em 2016. Já a projeção de Selic média para este ano passou de 14% para 14,1%. O Relatório atualizou ainda a projeção para o preço do barril de petróleo, passando de US$ 45,2 para US$ 44,0.