27°
Máx
13°
Min

PMI de Serviços do Brasil cai para 42,7 pontos em agosto, diz Markit

O índice de atividade dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Brasil caiu para 42,7 pontos em agosto, de 45,6 pontos em julho, segundo dados da provedora Markit. Com isso, o PMI composto, que leva em conta também o setor industrial, recuou para 44,4 pontos, de 46,4 pontos.

Na pesquisa de serviços, cinco das seis categorias tiveram retração, com exceção de intermediação financeira. No geral, os pedidos de novas encomendas recuaram pelo 18º mês seguido. Segundo os entrevistados, as frágeis condições econômicas e a incerteza política são fatores essenciais para explicar essa redução.

Mesmo assim, as expectativas dos gerentes para os próximos 12 meses são positivas, embora tenham caído em agosto ante julho e permaneçam abaixo da média histórica. "A recessão no Brasil continua a impactar profundamente o mercado de trabalho e as empresas tentam amenizar a crise cortando custos. A forte queda no nível de emprego sugere que as companhias estão se preparando para um período prolongado de fragilidade na economia", diz no relatório a economista Pollyana de Lima.