22°
Máx
17°
Min

Pode ser prudente esperar inflação mais forte antes de elevar juros, diz Harker

O presidente da regional do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) da Filadélfia, Patrick Harker, afirmou hoje que pode ser prudente esperar por mais sinais de inflação antes de elevar os juros novamente.

Segundo o dirigente, leituras que são consistentemente abaixo da meta de 2,0% do Fed podem eventualmente levar a uma "falta de credibilidade" para a meta.

"Pode ser necessário se manter do lado da acomodação para garantir o resultado", disse.

Harker disse esperar que a inflação se mantenha bastante baixa no primeiro trimestre, "provavelmente até negativa", mas antecipa que as pressões nos preços se firmarão ao longo do ano, na medida em que os preços se estabilizem e o crescimento dos salários ganhe ritmo.

O dirigente disse ainda que sua abordagem da política monetária está "mais cautelosa" do que há meses atrás, e citou potenciais riscos trazidos pela desaceleração na China e o fortalecimento do dólar.

Os comentários de Harker contrastam com outro discurso do dirigente, de 22 de março, em que ele defendeu que os dados positivos EUA favoreciam uma elevação nos juros. Na ocasião, ele também notou que advogava uma alta mais agressiva dos juros que seus colegas no Fed. Fonte: Dow Jones Newswires.