22°
Máx
14°
Min

Porto de Paranaguá prevê aumento de 83% na movimentação de veículos

Paranaguá prevê aumento na movimentação de veículos

A movimentação de veículos no Porto de Paranaguá deve crescer em 83% ao longo de 2017, de acordo com a previsão de importação e exportação dos operadores portuários. A previsão é de que 163 mil veículos embarquem ou desembarquem no porto – o que representa um acréscimo de 73 mil unidades em relação aos 89 mil carros previstos até o final de 2016.

Este aumento pode ser ainda maior, já que o volume de carga é planejado com base na previsão de produção pelas montadoras brasileiras e mercado interno, com a possibilidade de que novos contratos de importação e exportação sejam firmados. 

Investimento e confiança

O aumento no volume operado é resultado dos investimentos feitos pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) e na confiança do setor produtivo na eficiência dos portos do Paraná. “O mercado externo está muito atrativo para as montadoras por conta do câmbio e da situação econômica global. O Porto de Paranaguá está preparado para atender este mercado prontamente”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. “Por isso, a previsão de movimentação deste tipo de carga só cresce”, ressalta. 

No primeiro semestre deste ano, foram inaugurados os novos dolfins, que são berços exclusivos para o embarque e desembarque de veículos. Com as estruturas, a movimentação deste tipo de carga fica mais eficiente, reduzindo o tempo de espera e o custo da operação. Foram investidos R$ 60 milhões nesta obra.

O diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino, conta que em 2016, até o momento, já foram movimentadas 69 mil unidades de veículos comerciais e para o final do ano está prevista a operação de mais 19 mil unidades. 

“Somente nos primeiros nove meses do ano, as exportações de veículos pelo porto tiveram um aumento de 103%, se comparado ao mesmo período do ano passado”, informou Dividino. Em 2015 haviam sido exportadas 28,4 mil unidades entre os meses de janeiro e setembro. Já em 2016, o número de unidades exportadas saltou para 56,8 mil no mesmo período.

Experiência

O aumento no comércio exterior de carros por Paranaguá também é fruto de um know-how especializado e reconhecido pela indústria brasileira de veículos. “Temos uma experiência vasta neste tipo de operação, que é muito delicada. É preciso ter mão-de-obra capacitada e treinada para garantir avaria zero nas operações, já que o mercado é muito exigente no que diz respeito a estas cargas”, completou Dividino. 

Exemplo disso, é que, além de ser a principal porta de saída das montadoras instaladas no Paraná, o Porto de Paranaguá também foi o escolhido para operar um lote de exportação de 10 mil BMW, que tem fábrica em Araquari, em Santa Catarina, a 200 quilômetros de distância do porto.