24°
Máx
17°
Min

Premiê do Japão demonstra confiança no BoJ após decisão de política monetária

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, afirmou nesta quarta-feira que tem plena confiança no presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, após o banco central introduzir uma nova tática para fomentar o crescimento e combater a deflação.

Abe, que está em Nova York para a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, falou em um evento organizado pela agência Reuters horas após o BoJ fazer seu mais recente anúncio de política monetária. O banco central manteve as taxas de juros, mas estabeleceu uma nova meta de ancorar em zero o retorno do bônus de 10 anos do governo japonês, além de se comprometer com o programa de relaxamento quantitativo até que a inflação chegue em 2% ou mesmo supere um pouco esse patamar.

Tirando seu apoio a Kuroda, Abe manteve suas declarações concentradas em mudanças estruturais que ele considera necessárias para melhorar a economia japonesa, como pagamentos melhores para os trabalhadores temporários e incentivos para que as mulheres entrem na força de trabalho. Ele pediu novamente que os EUA ratifiquem a o acordo comercial da Parceria Transpacífico e disse que a população japonesa acompanha atentamente a eleição presidencial norte-americana. Fonte: Dow Jones Newswires.