22°
Máx
16°
Min

Premiê do Japão diz que BoJ deverá tomar mais medidas para levar inflação aos 2%

Foto: AFP - Premiê diz que BoJ deverá tomar mais medidas para levar inflação a 2%
Foto: AFP

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse nesta quarta-feira que ele não acredita que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) tenha esgotado suas medidas para atingir uma inflação de 2%.

O Banco Central deixou de anunciar na semana passada uma grande flexibilização monetária, o que decepcionou os mercados, embora tenha anunciado comprar mais fundos de ações negociados em bolsa.

Em uma coletiva de imprensa, Abe citou o comunicado do presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, de que o BoJ não atingiu seus limites na flexibilização da política monetária.

O premiê disse que ele acredita que o banco central tomaria mais medidas de política para atingir os 2% de inflação. No entanto, ele não especificou quais medidas seriam.

Abe também disse que seu governo e o BoJ precisam trabalhar juntos, em unidade, para atingir um progresso econômico. Fonte: Dow Jones Newswires.