21°
Máx
17°
Min

Previsão do BC para dívida bruta em fevereiro é de 67,4% do PIB

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel, afirmou nesta sexta-feira, 26, que a previsão da instituição para a dívida bruta em fevereiro é de que ela fique em 67,4% do Produto Interno Bruto (PIB). Em janeiro, ela estava em 67%. Para a dívida líquida, a projeção é de 36,3% do PIB, influenciado principalmente pela alta do dólar frente o real.

Maciel ainda divulgou os dados sobre a elasticidade da dívida líquida do setor público. Segundo ele, um valorização de 1% no dólar frente o real implica em movimento, no sentido oposto, de 0,19 ponto porcentual na dívida sobre o PIB, o equivalente a R$ 12,228 bilhões.

No caso da Selic, se a taxa básica de juros recuar 1 ponto porcentual, a dívida encolhe um 1 ponto porcentual, desde que mantida a taxa em 12 meses - essa variação é equivalente a R$ 18,323 bilhões.

Maciel ainda explicou que uma alta de 1 ponto porcentual no IPCA leva a elevação de 0,13 ponto porcentual na relação entre dívida e PIB, o equivalente a R$ 9,180 bilhões.