22°
Máx
16°
Min

Primeira rodovia a ser leiloada no governo Temer será a BR-364/365 (GO/MG)

A primeira rodovia a ser leiloada pelo governo do presidente em exercício, Michel Temer, dentro do Programa de Parceria de Investimentos (PPI), deve ser a BR-364/365 entre Jataí (GO) e Uberlândia (MG), segundo informações do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

O modelo operacional e as condições para a concessão desse trecho, com cerca de 435 quilômetros de extensão, já foi aprovado pelo Conselho Nacional de Desestatização, em abril. Os detalhes da concessão ainda devem ser divulgados em edital.

O trecho, que conecta a região produtora de grãos do sul de Goiás com o Triângulo Mineiro, já estava previsto no Programa de Investimento em Logística (PIL), do governo Dilma Rousseff, e tinha investimento estimado em R$ 3,1 bilhões.

Paralelamente, o governo reiterou que está estudando a possibilidade de renovação dos contratos de algumas concessões de rodovias já existentes, caso da Nova Dutra e da Concer, cujos contratos se encerram em breve.

A Nova Dutra, controlada pela CCR, é a concessionária que administra a BR-116, entre São Paulo e Rio de Janeiro, com contrato previsto para se encerrar em 2021. A CCR já havia levantado potenciais obras que deveriam ser feitas na rodovia, entre as quais a duplicação da Serra das Araras. Somados, esse projetos totalizariam investimentos de até R$ 3,5 bilhões. As discussões para um potencial aditivo de contrato foram iniciadas há alguns anos, sem chegar a um acordo.

A Concer, controlada pela Triunfo Participações e Investimentos (TPI), administra a BR-040, entre Rio de Janeiro e Juiz de Fora (MG). O contrato de concessão se encerra em 2020.