26°
Máx
19°
Min

Procon Londrina multa editora Globo em R$ 1,5 milhão

(foto: Divulgação) - Procon Londrina multa editora Globo em R$ 1,5 milhão
(foto: Divulgação)

O Núcleo de Proteção ao Consumidor (Procon) de Londrina aplicou duas multas de R$ 765 mil à Editora Globo por irregularidades cometidas contra duas consumidoras da cidade.

No primeiro caso, a mulher relatou que estava no Shopping Catuaí quando foi abordada por dois funcionários da editora que propuseram um contrato mensal de entrega das revistas Época e Casa e Jardim, sem custo algum, mediante apresentação de um cartão de crédito.

A consumidora alega que não leu os termos do contrato e assinou. Ela disse ter pago as quatro primeiras parcelas e, mesmo assim, não tem recebido as revistas todos os meses. Notificada, a editora não apresentou resposta. Por não cumprir a oferta e não restituir o cliente, a empresa foi autuada.

No segundo caso, outra consumidora disse que, apesar de não ter nenhum contrato de prestação de serviços com a Editora Globo, constatou na fatura de seu cartão de crédito cobrança de 12 parcelas referentes ao serviço “ed.globo tmk matriz”.

Ela diz que a editora entrou em contato perguntando se gostaria de continuar recebendo o serviço, dando uma resposta negativa. A operadora do cartão de crédito disse que não poderia cancelar o débito,  e ela acabou pagando duas parcelas. Notificada pelo Procon, a editora não apresentou resposta. Sem resolução da questão, o órgão decidiu autuar a empresa.

A reportagem aguarda um contato da assessoria de imprensa da Editora Globo.