21°
Máx
17°
Min

Produção de celulose cresce 13,2% em maio e exportação sobe 22,5%, diz Ibá

A produção de celulose no mês de maio subiu 13,2% em relação ao mesmo mês do ano passado, para 1,530 milhão de toneladas, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 28, pela Indústria Brasileira de Árvores (Ibá). As exportações tiveram crescimento de 22,5% na mesma base de comparação, para 958 mil toneladas, e as importações caíram 6,3%, para 30 mil toneladas.

Já a produção de papel teve leve alta de 0,8% em maio ante igual mês de 2015, para 850 mil toneladas. As vendas domésticas ficaram estáveis no período em 436 mil toneladas, e as exportações subiram 9,5%, para 185 mil toneladas.

No segmento de painéis de madeira, as exportações tiveram alta de 51,7% no mês passado, para 91 mil metros cúbicos, e as vendas domésticas caíram 0,8%, para 519 mil metros cúbicos.

Acumulado

De janeiro a maio deste ano, a produção de celulose atingiu 7,5 milhões de toneladas, alta de 10,4% sobre o mesmo período de 2015. A produção de papel teve leve alta de 0,8% nos primeiros cinco meses do ano, e atingiu 4,3 milhões de toneladas.

Já as vendas domésticas de papel somaram 2,2 milhões de toneladas no acumulado do ano, volume 0,9% maior do que o de igual intervalo de 2015. As vendas de painéis de madeira atingiram 2,6 milhões de m?, volume 6,6% menor.

As exportações de celulose totalizaram 5,2 milhões de toneladas de janeiro a maio, alta de 17,7% na comparação anual. As vendas externas do segmento de painéis de madeira somaram 359 mil m? no acumulado do ano, crescimento de 56,1% sobre o mesmo período do ano passado. As exportações de papel atingiram 874 mil toneladas nos primeiros cinco meses do ano, uma elevação de 8,2%.

De janeiro a maio, a receita de exportações de celulose, painéis de madeira e papel totalizou US$ 3,2 bilhões, expansão de 6,4% em relação à mesma etapa de 2015. O saldo da balança comercial do setor de janeiro a maio deste ano é de US$ 2,7 bilhões, alta de 15,8% na comparação anual.