21°
Máx
17°
Min

Projeção do Focus para Selic no fim de 2016 segue em 13,75% ao ano

O Relatório Trimestral de inflação (RTI), divulgado na semana passada pelo Banco Central (BC), serviu de base para que os economistas do mercado financeiro mantivessem, nesta semana, a perspectiva de que a Selic (a taxa básica de juros da economia) sofra corte de 0,50 ponto porcentual ainda este ano.

O Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira, 3, mostra que a mediana das previsões para a Selic no fim de 2016 seguiu em 13,75% ao ano. Atualmente, a taxa básica está em 14,25% ao ano. Para o fim de 2017, a projeção permaneceu em 11,00% ao ano. Há um mês, as estimativas para este e o próximo ano também estavam, respectivamente, em 13,75% e 11,00%.

No RTI, o BC atualizou suas projeções para a inflação e, pela primeira vez, estimou que o IPCA pode fechar 2017 abaixo de 4,5% (centro da meta de inflação perseguida). Conforme o RTI, a inflação pelo cenário de referência do BC, que considera a Selic (taxa básica de juros da economia) em 14,25% ao ano e câmbio a R$ 3,30, ficará em 7,3% em 2016, 4,4% em 2017 e 3,8% em 2018. Para boa parte do mercado financeiro, estas projeções indicam que o BC está perto de iniciar o ciclo de cortes da Selic.

No relatório Focus divulgado nesta segunda-feira, a Selic média de 2016 caiu de 14,19% para 14,16% ao ano. Para 2017, foi de 11,78% para 11,77%. Há um mês, a mediana das taxas médias projetadas para este e o próximo ano eram de 14,19% e 11,91%, nesta ordem.

Para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções (Top 5) de médio prazo, a taxa básica terminará 2016 em 13,75% ao ano, mesmo patamar de uma semana e um mês antes. Para o ano que vem, as estimativas do Top 5 ficaram estáveis em 11,25% ao ano, mesmo patamar de um mês atrás.