21°
Máx
17°
Min

Questão de preços é de natureza empresarial, afirma Parente

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse, após se reunir com Michel Temer, no Palácio do Planalto, que não conversou com o presidente em exercício sobre a possibilidade de reajuste de preço dos combustíveis pela companhia. "Esta é uma decisão empresarial", disse Parente nesta quarta-feira, 27, evitando se estender sobre o tema e acrescentando que "não foi assunto tratado na conversa com o presidente".

Mais cedo, ao sair de reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meireles, Parente foi mais direto ao responder questões de jornalistas, dizendo que não há previsão para o reajuste dos combustíveis.

Após reiterar que "a lei concede liberdade de preços para a empresa que opera com óleo e gás no Brasil", Parente lembrou que outras companhias têm seus preços vinculados - e que este não é o caso da Petrobras.