24°
Máx
17°
Min

Recuperação de crédito cai 4,8% em julho ante junho, diz Boa Vista

O indicador de recuperação de crédito elaborado pela Boa Vista SCPC teve queda de 4,8% em julho em relação ao mês anterior, descontando os efeitos sazonais. Nos valores acumulados em 12 meses, o índice obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes apresentou redução de 0,2% em julho. O resultado, apresentado nesta quinta-feira, 11, representa a primeira redução após dois meses de alta (1,4% em maio e 0,3% em junho, em relação aos 12 meses anteriores).

Em termos regionais, o Sudeste foi a única região do País que apresentou queda no acumulado em 12 meses, caindo 3,4% e contribuindo para o índice negativo de julho. As demais regiões tiveram alta na mesma comparação: Norte (5,6%), Centro-Oeste (4,4%), Nordeste (2,3%) e Sul (4,3%).

No acumulado dos sete primeiros meses de 2016, a recuperação de crédito mostrou avanço de 3,2% no Brasil. A Boa Vista SCPC destaca que após avanço no indicador registrado nos primeiros meses do ano, as últimas aferições mostraram novos resultados negativos, especialmente na região Sul do país, que teve queda de 2,4% até julho.

Para a instituição responsável pelo indicador, os resultados mostram que "o quadro de inadimplência na economia torna a se deteriorar, uma vez que o aumento dos registros de consumidores inadimplentes realizados nos últimos meses ainda ocorre em maior intensidade do que a do pagamento das contas".

O indicador é elaborado a partir da quantidade de exclusões dos registros de dívidas vencidas e não pagas informados anteriormente à Boa Vista pelas empresas credoras.