21°
Máx
17°
Min

Reforma da Previdência seguirá ao Congresso nas próximas semanas, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quinta-feira, 29, que o governo pretende encaminhar a proposta de reforma da Previdência ao Congresso "nas próximas semanas" e espera que a matéria seja aprovada ao longo de 2017, de preferência no primeiro semestre. "É absolutamente normal que a reforma da Previdência tome alguns meses de discussão. A sociedade demanda isso e é o correto. A reforma da Previdência não é algo a ser aprovado a toque de caixa, por ações do Executivo", comentou o ministro, após participar de cerimônia de premiação de empresas promovida pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo Meirelles, mais importante do que o tempo para a aposentadoria, é garantir que todos recebam o beneficio e o Estado não entre em situação de insolvência. Sobre possibilidades de mudança no texto, Meirelles assinalou que a reforma da Previdência ainda não está definida.