22°
Máx
14°
Min

Relator defende mudança na forma de cobrar tributos

Outra mudança que está sendo articulada é na data de alcance do programa. O relator do projeto na Câmara, deputado Alexandre Baldy, vai propor que seja tributado com Imposto de Renda e multa apenas o saldo em 31 de dezembro de 2014, e não sobre tudo o que foi enviado ilegalmente ao exterior ao longo do tempo, como diz a lei. Assim, os contribuintes pagarão menos impostos. Baldy argumenta que os contribuintes têm resistência em pagar imposto sobre dinheiro já gasto.

A articulação para as mudanças na repatriação contam com aval do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do núcleo político do governo Temer. A equipe econômica, porém, é contra qualquer alteração, com o argumento de que as alterações ameaçam o programa. Na próxima semana, líderes vão debater as sugestões de mudança com Maia, para que possam votá-las em plenário na primeira semana de outubro, após o primeiro turno das eleições municipais. / I.G