24°
Máx
17°
Min

Reorganização societária visa maximizar crescimento internacional da JBS

O CEO global do JBS, Wesley Batista, iniciou nesta quinta-feira, 12, a teleconferência dos resultados da companhia citando a proposta de reorganização societária, divulgada ao mercado na quarta-feira. Segundo Batista, "a proposta vem sendo analisada há algum tempo com intuito de criar estrutura societária que reflita aquilo que a empresa se tornou nos últimos anos, de ser uma empresa brasileira global no setor de alimentos".

Ele afirmou ainda que a nova organização deve refletir melhor a presença da empresa no mercado global. Além disso, defendeu que a estrutura aumenta o acesso da empresa a financiamento internacional, "criando capacidade de expressiva redução do custo de capital".

"Acreditamos que reorganização proposta vai alavancar o perfil da JBS na comunidade global de investidores internacionais", afirmou o CEO. A proposta, segundo Batista, "segue evolução natural da JBS como player no setor global de alimentos".

Na quarta, a JBS SA anunciou que irá realizar uma reorganização societária, com a criação da JBS Foods International, que será listada na Bolsa de Nova York (Nyse) e na BM&FBovespa, por meio do programa de Brazilian Depositary Receipts (BDR).

De acordo com a empresa, todos os negócios fora do Brasil e os negócios da Seara Alimentos serão transferidos para a JBS International. Após a mudança, a JBS SA passa a se chamar JBS Brasil, continuará com o controle dos negócios de carne bovina no Brasil, além da divisão global de couros.