21°
Máx
17°
Min

Reservas são seguro importante e têm de ser preservadas, diz Barbosa

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou nesta sexta-feira, 11, que as reservas internacionais são um ativo importante que precisa ser preservado. Questionado sobre o que acha da proposta do PT de usar as reservas para promover investimentos, o ministro, que se reuniu com lideranças do partido ontem, incluindo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva, disse que esse "seguro" dá autonomia de política econômica para o Brasil.

"As reservas são um ativo importante. É pela acumulação de reservas que hoje temos uma maior estabilidade no balanço de pagamentos, o que nos dá autonomia para discutir a solução dos nossos problemas com os brasileiros, com os empresários, trabalhadores e parlamentares brasileiros. É um seguro importante contra flutuações no câmbio e tem de ser preservado, especialmente nesse momento de turbulência", afirmou após reunião com membros do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi).

Barbosa comentou que tem conversado com o PT e o PMDB sobre vários temas, incluindo a reforma da Previdência. Segundo ele, nesse ponto as divergências são mais sobre a estratégia política de construção da proposta de reforma, e não sobre o mérito das mudanças.

"Todos concordam que é preciso preservar a Previdência e isso envolve adotar alguma medida. Estamos discutindo a forma e o melhor tempo de apresentar essas mudanças. Eu acho importante apresentar depois das discussões do Fórum da Previdência, que foi um compromisso assumido pela presidente Dilma no ano passado", disse.