28°
Máx
17°
Min

Retração de emplacamentos de janeiro a março é de 32,46%, diz Anfir

No primeiro trimestre de 2016, a indústria produtora de implementos rodoviários entregou 32,46% menos unidades, caindo para 15,640 mil de 23,640 mil em igual período de 2015. Os dados são da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

A associação estima uma queda nos emplacamentos de 2016, para 56,6 mil unidades, o que seria o menor patamar já registrado na história do setor. "A indústria está em uma situação crítica de queda acentuada em seu desempenho e ociosidade crescente", afirma, por meio de nota, o presidente da Anfir Alcides Braga, completando que nesse nível (56,6 mil unidades) o porcentual aproximado da indústria em atividade chegará no final do ano a pouco menos de 30% de sua capacidade.

Assim, a perda acumulada seria de 103 mil produtos, somando a registrada em 2015 sobre 2014, o que de acordo com a Anfir representa o total emplacado há nove anos.

Por segmento, no primeiro trimestre o pesado (Reboques e Semirreboques) teve queda de 11,51%, para 6,150 produtos emplacados, e o leve (Carroceria sobre chassis), recuo de 41,44%, para 9,490 mil unidades.