28°
Máx
17°
Min

Rio Verde é a primeira cidade do Brasil a desligar sinal analógico

Após um dia de reuniões intensas, o Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição dos Canais de TV e RTV (Gired) decidiu iniciar o desligamento do sinal analógico na cidade de Rio Verde (GO) mesmo sem atingir o porcentual mínimo de 93% de domicílios preparados para receber o sinal digital. As emissoras Rede Vida e Canção Nova encerraram na segunda-feira, 15, a transmissão analógica na cidade - a Record News já não transmitia mais no sinal analógico desde dezembro. Outras emissoras que operam na cidade vão desligar o sinal analógico até o final de fevereiro, se o número de domicílios preparados atingir a meta do governo.

A cidade foi escolhida para ser a primeira do País a migrar completamente para a TV digital, mas o processo vem enfrentando atrasos, pois parte da população ainda não tem TVs e conversores compatíveis. "O porcentual ficou abaixo porque tem uma parcela grande da população com dificuldade de comprar o conversor ou trocar a TV", disse o presidente do Gired, Rodrigo Zerbone, ao Estado, na última sexta-feira.

A estratégia do Gired para preparar o município para a migração digital permanece a mesma: distribuir conversores para a população de baixa renda inscritas no Bolsa Família e no Cadastro Único do Ministério do Desenvolvimento Social.

A interrupção do sinal analógico não é só uma questão de transição tecnológica. O governo quer "limpar" a frequência de 700 MHz, que será destinada às operadoras de telecomunicações. Elas vão usar a faixa na cobertura de banda larga móvel (4G).