22°
Máx
17°
Min

Saída de dólares supera entrada em US$ 657 mi em junho até o dia 22, diz BC

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel, informou nesta sexta-feira, 24, que o fluxo cambial total em junho até o dia 22 está positivo em US$ 657 milhões. De acordo com ele, no mesmo período, o fluxo financeiro ficou negativo em US$ 1,058 bilhão, fruto de compras de US$ 28,192 bilhões e de vendas de US$ 29,250 bilhões.

No segmento comercial, o resultado do mesmo período está positivo em US$ 1,715 bilhão, com importações de US$ 7,906 bilhões e exportações de US$ 9,621 bilhões.

Na conta das vendas externas estão incluídos US$ 1,732 bilhão de Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 2,509 bilhões de Pagamento Antecipado de exportação (PA) e US$ 5,380 bilhões de outras operações.

Já a posição vendida de bancos em junho até dia 22 é de US$ 26,445 bilhões. No encerramento de maio, a posição também era vendida, mas de US$ 27,041 bilhões.

Renda fixa

Tulio Maciel informou também dados do setor externo registrados em junho até o dia 22. No período, houve entrada líquida de US$ 268 milhões em renda fixa. Em ações, o saldo foi positivo em US$ 1,563 bilhão.

No caso da rolagem, a taxa ficou em 79% até o dia 22. Maciel ressaltou que a projeção de taxa de rolagem apara o encerramento de 2016 foi revisada de 100% para 60%.

Sobre a nova projeção para as transações correntes no ano, que passaram de um déficit US$ 25 bilhões para US$ 15 bilhões, o técnico explicou que a mudança foi motivada por uma revisão nas expectativas para a importação. Na balança comercial, a projeção de compras no exterior passou de US$ 150 bilhões para US$ 140 bilhões.