22°
Máx
17°
Min

Segundo Sindicato, por enquanto, pão não ficará mais caro no Paraná

(Foto: Divulgação) - Segundo Sindicato, por enquanto, pão não ficará mais caro no Paraná
(Foto: Divulgação)

Os curitibanos podem ficar tranquilos, pelo menos por enquanto, quanto ao valor do pãozinho nosso de cada dia. “Não existe reajuste do preço do pão previsto para os próximos dias no Paraná”, afirmou em nota, o presidente do Sindicato da Industria da Panificação e Confeitaria do Estado do Paraná (Sipcep), Vilson Felipe Borgmann.

O assunto veio à tona após a imprensa de São Paulo divulgar que por lá, o pão deve sofrer reajuste imediato, por conta do aumento no valor da farinha de trigo. Como o trigo é matéria prima básica para a panificação, a associação de que por aqui também teria reajuste aconteceu. No entanto, Borgmann explicou que a realidade do Paraná, é diferente de São Paulo. “São Paulo tem um mercado e um comércio com parâmetros diferentes do Paraná, além de carga tributária mais alta. Por isso o reajuste naquele Estado não significa reajuste também no Paraná”, enfatiza.

O presidente do Sindicato, ainda explicou que para se chegar ao valor praticado pelos panificadores em Curitiba e no Estado, são levados em consideração vários fatores, como custo de produção e mão de obra. “O preço repassado ao consumidor é elaborado através de uma planilha em que é calculado os custos com energia elétrica, aluguel, salários e a matéria prima. Por enquanto, os valores da planilha se mantém estáveis”, afirma. “Estamos em fase de negociação da data base da categoria, e esse pode ser um fator de mudanças de valores, que necessariamente não implica em reajuste para o consumidor”.