22°
Máx
14°
Min

Senado aprova MP que autoriza compra de fatia de empresa e banco por Caixa e BB

O plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira, 2, a Medida Provisória 695/2015. A proposta permite que Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal comprem participações em outros bancos ou empresas, inclusive do ramo de tecnologia da informação, seja diretamente ou por meio de suas subsidiárias.

O texto também reabriu prazo para parcelamento de dívidas dos clubes de futebol e ainda ampliou o leque de esportes e eventos que poderão ser explorados pela Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), espécie de raspadinha virtual criada pelo governo em agosto de 2015, inicialmente para explorar temas restritos ao futebol.

A oposição protestou contra o fato de o texto da MP ter incluído temas que não faziam parte da proposta original enviada pelo governo ao Congresso. Nesse ponto, o questionamento principal ocorreu em razão da reabertura do prazo para que os times de futebol possam pedir o parcelamento de suas dívidas - prorrogado para 31 de julho deste ano.

"Não vai demorar muito e o PSDB vai fazer o questionamento junto ao Supremo (Tribunal Federal), e aí nós passaremos pelo vexame de ter que cumprir aquilo que é óbvio. É vexatório ter um Parlamento que se curva e que se dobra nesse instante", afirmou o líder tucano no Senado, Cássio Cunha Lima (PB).