21°
Máx
17°
Min

Sherwin-Williams confirma acordo para compra da Valspar por US$ 8,9 bilhões

Nova York, 20/03/2016 - A empresa de tintas e revestimentos norte-americana Sherwin-Williams confirmou neste domingo acordo para comprar a concorrente Valspar por cerca de US$ 8,9 bilhões. A oferta é de US$ 113 por ação, um prêmio de 35% ante o fechamento dos papéis na sexta-feira.

A aquisição deve fortalecer a Sherwin ante as concorrentes PPG Industries e Akzo Nobel. A Sherwin tem focado principalmente nos Estados Unidos e na América Latina, enquanto a PPG segue uma estratégia global com operações maiores na Europa e Ásia.

O mercado global de tintas e revestimentos produz cerca de US$ 130 bilhões em vendas por ano, de acordo com dados da PPG.

A Valspar tem valor de mercado de US$ 6,6 bilhões, enquanto a Sherwin-Williams é avaliada em US$ 26,8 bilhões. Em 2015, a Sherwin-Williams registrou vendas de US$ 11,3 bilhões e lucro de US$ 1,1 bilhão.

As empresas disseram esperar reação mínima das autoridades de defesa da concorrência, mas ressaltaram que, se os reguladores exigirem que a Sherwin-Williams venda empresas que tenham contribuído com mais de US$ 650 milhões para a receita da Valspar em 2015, o preço do negócio teria redução de US$ 8 por ação.

A Sherwin-Williams disse esperar que o acordo tenha reflexo imediato sobre lucro e projetou US$ 280 milhões em sinergias por ano.

O setor de químicos tem enfrentado um movimento de consolidação. No ano passado, as empresas Dow Chemical e DuPont assinaram um acordo de fusão de cerca de US$ 120 bilhões. Fonte: Dow Jones Newswires.