24°
Máx
17°
Min

Skaf destaca importância da China, independente de status de mercado

- Skaf destaca importância da China, independente de status de mercado

O presidente da Federação da Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, afirmou nesta segunda-feira, 20, que o Brasil precisa aproveitar as oportunidades comerciais com a China, independente da discussão que se faz sobre o reconhecimento daquele País como economia de mercado. O protocolo de acessão da China à Organização Mundial do Comércio (OMC), que foi firmado em 11 de dezembro de 2001, vence neste ano e os países-membros do órgão estão discutindo se todos são obrigados a adotar o reconhecimento.

Skaf, que é anfitrião do ministro das Relações Exteriores (MRE), José Serra, em reunião com empresários que acontece na sede da entidade, convidou o chanceler para uma "grande missão" que a Fiesp deverá fazer na Argentina em setembro.

"Tivemos a visita do (Mauricio) Macri antes de ele ser presidente e a ideia é ampliar a agenda com eles: comprar, vender e investir mais. Queremos fazer uma construção melhor com eles. Macri tem uma visão de economia liberal que nos agrada muito", afirmou.

Sobre a economia nacional, Skaf reiterou que é contra o aumento de impostos. "Temos que aumentar a arrecadação com aumento do PIB", ressaltou. A avaliação dele é que a economia brasileira "bateu no fundo do poço". "Há sinais, de uns 60 dias para cá, não de piora, não está mais caindo. Então é a hora de retomarmos a economia brasileira", declarou.