24°
Máx
17°
Min

Sondagem SindusCon-SP mostra melhora de perspectiva na construção civil

A análise de empresários do setor da construção civil sobre o andamento dos negócios melhorou recentemente, embora os patamares ainda estejam baixos, de acordo com sondagem realizada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) divulgada nesta terça-feira, 21. O levantamento apura a percepção de empresários do setor em diversos aspectos.

O item Condução da Política Econômica chegou a 45,75 pontos no trimestre encerrado em maio, um crescimento de 331,2% na comparação com o trimestre encerrado em fevereiro. As mudanças no governo federal são o principal fator para a grande melhora na expectativa dos empresários, segundo avaliação do sindicato.

O quesito Crescimento Econômico atingiu 23,42 pontos, alta de 103,7% na mesma base de comparação. As Perspectivas de Desempenho registraram 33,32 pontos (alta de 6,7%), enquanto as perspectivas de Evolução dos Custos do setor foram a 51,89 pontos (alta de 9,3%). A estimativa de Inflação Reduzida bateu 27,13 pontos (alta de 77,4%).

Apesar das melhoras, ainda não é possível dizer que os empresários estão otimistas. A sondagem realizada pelo Sinduscon-SP segue uma escala que vai de zero a 100 pontos. Os valores abaixo de 50 pontos sugerem perspectivas ou avaliações de desempenho desfavoráveis. A exceção fica apenas por conta do item Dificuldades Financeiras, cujos valores abaixo de 50 pontos sinalizam perspectivas ou avaliações favoráveis. Este item foi a 68,66 pontos no trimestre (queda de 2,2%).

Já um item com avaliação bastante negativa é o Desempenho da Empresa, que caiu 9,7%, atingindo 25,03 pontos. Esse é o novo piso na pesquisa desde o seu início, em agosto de 1999.